O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, se reuniu nesta terça-feira (7) com o procurador-geral da República, Augusto Aras, para discutir medidas emergenciais que a instituição vai tomar para tentar manter as cadeias produtivas e dos empregos durante a pandemia da Covid-19.

Montezano afirmou que o governo estuda criar um fundo, com recursos do Tesouro Nacional, sob gestão do BNDES, para dar crédito a pequenas e médias empresas a juros muito baixos.

A medida está sendo discutida com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Há um temor, no entanto, de que a iniciativa seja judicializada no futuro já que os ritos para os empréstimos serão acelerados​.

Por isso, discutiu-se a possibilidade de o MP acompanhar a sua execução.

O procurador-geral da República afirmou na reunião que a ideia é "revolucionária", pois possibilitaria "colaborações recíprocas entre a instituição bancária e o Ministério Público e efetiva a democracia participativa"

“É o MP participando da tomada de decisões políticas relevantes para a sociedade e o Estado brasileiros, visando reduzir os efeitos da grave crie causada pela Covid-19”, disse Augusto Aras, segundo nota do MPF. “Começando esse jogo por baixo, praticamente a juro zero, nós conseguimos sustentar a economia”, completou.

Fonte: https://br.financas.yahoo.com/noticias/bndes-estuda-fundo-com-recursos-015500918.html